SINDICATO FECHA ACORDO COM O TRT/RO E IPAM PARA PAGAMENTO DOS VIGILANTES DA EMPRESA FORTESUL.

Após reunião realizada nos respectivos órgãos devido aos problemas encontra pela empresa, o Sindicato dos Vigilantes fechou acordo com o TRT/RO e IPAM órgão este que prestar serviço a empresa FORTESUL.

A diretoria em comum acordo visando solucionar os constantes atrasos dos direitos dos vigilantes celebrou ata para autorizar os pagamentos feito diretamente pelo o órgão TRT/RO e IPAM dos vencidos do salário e féria dos vigilantes, referente à alimentação, haja visto, que segundo informações da empresa a uma programação e caso não seja confirmada devera se pago posteriormente.

A diretoria informa que os valores de cada vigilante serão encaminhados aos respectivos órgãos, através do RH da empresa, constando valor do salário, valor de férias e numero de conta. O vigilante que possuir conta que não seja conta corrente devera encaminha-se aos seus respectivos banco para transforma La em conta corrente. Para que dessa forma sejam creditados os seus vencimentos. Outro órgão que esta estudo utilizar a mesma forma de pagamento e a FUNASA segundo o gestor do contrato esta apenas aguando um prazo dado a empresa, que caso não seja cumprido entrara em contato com o sindicato.

FONTE: SINTESV/RO.  

APÓS DENUNCIAR EMPRESAS QUE NÃO PAGARAM O 13º SALÁRIO E PAGAMENTO E VALE ALIMENTAÇÃO ENTRE OUTRAS IRREGULARIDADES SINDICATO E NOTIFICADO PARA ACOMPANHA AUDIÊNCIA NO MINISTÉRIO PÚBLICO DO TRABALHO.

CAM00993

Após denuncia as empresas: PROTEÇÃO MAXIMA, FORTESUL, HR, COLUMBIA, INVISEG e IMPACTUAL, por varias irregularidade o Ministério Público de Trabalho notificou o Sindicato para uma audiência em face da empresa FORTESUL devido as em numera queixas por não pagamento do 13º salário de 2014 e salário de dezembro e janeiro e férias.

Diante desse fato ocorrido a direção do Sindicato foi nos contrates cobrar maiores informações, haja visto, que mais uma vez o governo e o município alega dificuldades financeiras, porém os vigilantes não são os culpados pelo desajuste nos recursos estatais e municipais. Na verdade o desgoverno que assola o Rondônia é o verdadeiro causador do problema, ou seja, “o que falta é gestão”.

CAM00992

Em audiência realizada no dia 19.02.2015 no Ministério Publico do Trabalho com a empresa FORTESUL comunicou através do gerente o Sr. Luiz Carlos que há uma previsão de regularização das pendências da empresa nessa semana, Diante do exposto o Procurado do Trabalho Rafael Foresti Pego, informou a necessidade de regularização da situação, explicou que a inadimplência ou o atraso por conta do tomador do serviço não poderão ensejar o atraso salarial, uma vez que o ônus da atividade econômica e do empregador (art. 2º da CLT).

CAM00989

O procurador determinou que a empresa comprovasse em dez (10) dias, a regularização nos pagamentos, haja visto que a empresa não pagou ate a presente data. A direção do Sindicato ficará vigilante e acompanhará o pagamento dos vigilantes que ainda não receberam e aguardara a notificação do Ministério Publico do Trabalho, em relação as demais empresas denunciadas relatou o Presidente.

Fonte: SINTESV/RO.

APÓS TERCEIRA RODADA DE NEGOCIAÇÃO SOBRE O REAJUSTE DO SALÁRIO 2015/2016 SINDICATO CONVOCA ASSEMBLÉIA GERAL COM INDICIO DE PARALISAÇÃO.

CAM00973

Após terceira rodada de negociação sobre o reajuste do salário 2015/2016 realizada no dia 09.02.2015, com a presença do Secretário Geral Valdemar Cosme de Carvalho, Diretor Adson Rabelo de Lima, Assessor Jurídico Fabrício dos Santos Fernandes, além do vigilante José Nilson Lobato Santos representando o SINTESV/RO, e por parte das empresas o Presidente Francisco de Assis Bezerra da Fonseca gerente da empresa Prosegur, e representando a comissão de negociação coletiva para 2015, Sr. Ricardo de Almeida gerente da empresa Proteger e pela empresa Estação VIP, Sr. Ivan de Souza Araújo e pela  empresa Imperial Sr. Ernesto Melgar Loiola ambos representando o SINDESP/RO.

Dando inicio a reunião, os representantes do SINDESP informaram que não foi aceita a última contra proposta do reajuste salarial de 2% (dois por cento) de ganho real – inflação mais 2% – e, R$ 18,18 a título de auxílio alimentação mantém a proposta do reajuste salarial e do vale alimentação no índice da inflação. Dessa forma demonstrarão a intra vigência das empresas em negociarem.

Tendo em vista que não houve avanço nas negociações, o SINTESV CONVOCA a categoria para Assembléia Geral que ocorrera no dia 13 de Fevereiro de 2015, na sede do Sindicato para deliberarem sobre a proposta das empresas e sobre uma possível Paralisação, haja vista que as empresas não avançarão nas negociações.

Informamos que no mesmo dia será realizada uma reunião na Delegacia Regional do Trabalho com o intuito de avançamos nas negociações onde toda a categoria esta convocada para uma manifestação em frente da DRT, logo após a Assembléia Geral. A diretoria conta com o apoio de todos, pois o sindicato somos todos nós e juntos temos força.

 

EDITAL DE CONVOCAÇÃO DA ASSEMBLÉIA GERAL

                                                               O Presidente do SINDICATO DOS TRABALHADORES EM SEGURANÇA, VIGILÂNCIA, TRANSPORTE DE VALORES, CURSO DE FORMAÇÃO DE VIGILANTES E SIMILARES DO ESTADO DE RONDÔNIA – SINTESV, Paulo Tico Floresta, no uso das atribuições que lhe conferem o Estatuto Social da Entidade. CONVOCA todos seus associados para a Assembléia Geral que será realizada no dia 13 de Fevereiro de 2015, Sexta Feira com início previsto em primeira convocação para as 08h00min com a presença de 50% + 1 e as 08h30min em segunda convocação do primeiro turno com a presença de qualquer número. As 19h00min em primeira convocação do segundo turno com a presença de 50% + 1 e as 19h30min em segunda convocação do segundo turno com a presença de qualquer número de associados em dia com suas obrigações sindicais, nos termos do art. 9º e seguintes do Estatuto Social, na Sede do Sindicato, situada na Rua Emídio Alves Feitosa, nº 1.778, Bairro Agenor Martins de Carvalho, Porto Velho RO, para discutir e deliberar acerca da seguinte.

Pauta:

a) Para apreciação e deliberação da Contra Proposta Patronal da Convenção Coletiva de Trabalho 2015/2016.

                                                                                     Porto Velho RO, 13 de Fevereiro de 2015.

 

PAULO TICO FLORESTA

PRESIDENTE

Fonte: SINTESV/RO.

SINDICATO PATRONAL ENVIAR CONTRAPROPOSTA E DIRETORIAS REALIZA SEGUNDA REUNIÃO DE NEGOCIAÇÃO SOBRE A CCT 2015/2016.

vigi para

Após assembléia realizada em 24 de novembro de 2014, onde foram aprovados os seguintes percentual de reajuste: Inflação de Período mais 5% de ganho Real referente ao Salário Base, Vale Alimentação no valor de R$ 20,20 (vinte reais e vinte centavos) por dia trabalhando e alteração de Clausulas Social, proposta esta encaminhada ao Sindicato Patronal.

CAM00970

No dia 20.01.2015 o Sindicato Patronal encaminhou ao SINTESV sua contraproposta sedo a reposição do percentual de infração a ser apurado entre 01/03/2014 e 28/02/2015 para Salário Base e Vale Alimentação e Manutenção de algumas cláusulas da Social e as inclusões constantes na minuta da contraproposta.

CAM00972

Diante da contraproposta do SINDESP foi realizado no dia 23.01.2015, às 09h, na sede da CUT/RO, a primeira reunião para análise da proposta patronal entre o SINTESV/RO e SINDESP/RO, onde o Sindicato Patronal manteve a proposta de reajuste salarial e do beneficio da alimentação somente com base no índice da inflação. Como não houver avanço foi deliberado pelos representantes de ambos os Sindicatos uma nova reunião.

CAM00973

Conforme mencionado acima no dia 30.01.2015, no escritório do Dr. Ernandes Segismundo, às 15h30min, na rua: Rui Barbosa nº 597, bairro: Arigolandia em Porto Velho-RO reuniu-se novamente o SINTESV/RO, representado por seu Presidente Paulo Tico Floresta, Secretário Geral Valdemar Cosme de Carvalho, Diretor Financeiro Marinor Gomes de Sousa Filho, Diretor Jurídico, Antônio José Alves do Nascimento, Assessor Jurídico Fabrício dos Santos Fernandes, além dos vigilantes José Nilson Lobato Santos e Luiz Carlos Fabrício de Melo representantes da Comissão de Negociação dos Vigilantes e o SINDESP/RO representado por seu Presidente Francisco de Assis Bezerra da Fonseca gerente da empresa PROSEGUR, pelo representante da comissão de negociação coletiva para 2015, Sr. Ricardo de Almeida gerente da PROTEGER e, pelo representante da empresa ESTAÇÃO VIP, Sr. Luiz Ivan Silva Araújo. A reunião teve iniciou as 15h30min, oportunidade em que o SINTESV/RO informou que não foi aceita a proposta do SINDESP/RO referente ao reajuste salarial e do benefício da alimentação, que consistiu apenas no índice de inflação.

CAM00971

Na mesma oportunidade foi feita uma contra proposta pelo SINTESV/RO, que consistiu no reajuste salarial de 2% (dois por cento) de ganho real – inflação mais 2% – e, R$ 18,18 a título de auxílio alimentação. As demais clausulas serão analisadas por ambos os sindicatos oportunamente. O SINDESP/RO se compromete em apreciar a contra posta apresentada pelo SINTESV/RO e, apresentar resposta na próxima rodada de negociação, que ocorrerá no dia 09.02.2015, às 15h30min, no escritório do Dr. Ernandes Segismundo.

O presidente Paulo Tico informou que caso não haja avanço na próxima reunião a diretoria do SINTESV/RO, convocara nova Assembléia para deliberação dos próximos passos a serem tomados pela categoria.

Fonte: SINTESV/RO.

RETIFICAÇÃO DA NOTA DE CONDOLÊNCIAS

A DIRETORIA VEM RETIFICAR A NOTA DE CONDOLÊNCIA REFERENTE A FOTO ANTERIOR QUE NÃO SE TRATAVA DA VIGILANTES REGIANE FERREIRA DA SILVA QUE FOI ENVIADA PARA O SINDICATO, DIANTE DISSO PEDIMOS DESCULPA A SENHORA DA FOTO ANTERIOR QUE TAMBÉM SER CHAMAVA REGIANE E SOLICITAMOS AOS VIGILANTES E DEMAIS QUE ENVIEM E DIVULGUEM APENAS FATOS VERDADEIROS.

 IMG-20150206-WA0000

O SINDICATO DOS VIGILANTES, em Nome do presidente, PAULO TICO, Expressa como Mais Profundas e sinceras condolências Pelo falecimento da Vigilante REGIANE FERREIRA DA SILVA . Que Neste momento de dor, VIMOS NOS solidarizar COM A Família e amigos OS, desejando Força e that dEUS Corações SEUs Conforte.

Fonte: SINTESV / RO.

VIGILANTE DA EMPRESA PROSEGUR E VÍTIMA DO TRANSITO DO PORTO VELHO

morte(2) VIG PROSEGOR

Acidente que tirou a vida da vigilante da empresa PROSEGUR, REGIANE FERREIRA DA SILVA, aconteceu na manhã desta terça-feira no cruzamento da Avenida Mamoré com a Rua Raimundo Cantuária setor leste de porto velho

Segundo informações policiais, Regiane seguia de bicicleta na Mamoré sentido Amazonas e no momento que tentava atravessar a via foi atropelada por um caminhão, que tentou fazer uma conversão.

Equipes da Polícia Militar e PETRAN RO foram ao local e colheram informações para fazer o registro da ocorrência. O corpo da mulher foi removido para o Instituto Médico Legal (IML).

Fonte: SINTESV/RO.

VIGILANTES DO DF COMEMORAM REAJUSTES

Em assembléia, os vigilantes do DF aprovaram o reajuste salarial de 7,5%, aumento de R$ 23 para R$ 28 no vale-alimentação (o que representa 21,7% de reajuste), além de reajuste de R$ 90 para R$ 125 no auxílio saúde. A estabilidade de 90 dias para os trabalhadores que retornam do afastamento por doença ou acidente do INSS também representa uma conquista para os trabalhadores.

A vitória da categoria nesta Campanha Salarial é resultado da participação dos vigilantes nas assembléias e da contribuição de cada trabalhador na greve. Nos três dias em que os vigilantes cruzaram os braços, a população, o governo e o patronato viram 70% dos estabelecimentos bancários, hospitais, postos de saúde e demais órgãos fechados. Os grevistas, assegurados pela Convenção Coletiva de Trabalho, terão suas ausências abonadas.

O vigilante que se junta aos companheiros de farda fortalece a greve e, com isso, pressiona os patrões a apresentarem propostas decentes.

Fonte: CNTV

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

%d bloggers like this: