APÓS DUAS REUNIÕES NO MINISTÉRIO DO TRABALHO E EMPREGO SOBRE O REAJUSTE DO SÁLARIO 2015/2016 SINDICATO DOS VIGILANTES RECUSA PROPOSTA PATRONAL E VAI CONVOCA ASSEMBLÉIA GERAL COM INDICIO DE PARALISAÇÃO.

CAM00979

Após duas reuniões sobre o reajuste do salário 2015/2016 realizada no dia 13 e 23.02.2015 no MTE, com a presença dos representantes de ambos os Sindicatos, o presidente Paulo Tico manteve a proposta do reajuste salarial de 1,90% (um vírgula noventa por cento) de ganho real mais a inflação do período e auxílio alimentação no valor de R$ 18,18 por dia trabalhado, e por parte das empresas o Presidente Francisco de Assis Bezerra da Fonseca gerente da empresa Prosegur, apresentou uma nova proposta de reajuste salarial, o índice da inflação mais 0,60% (zero vírgula sessenta por cento) e ganho real no salário base e o vale alimentação no valor de R$ 17,50 por dia trabalhado. Dessa forma as empresas demonstrarão a intra vigência de avançarem nas negociações e não atendendo as perspectivas da categoria.

CAM00978

Tendo em vista que a nova proposta do sindicato patronal não atendeu a necessidade da categoria a diretoria junto com a comissão de negociação dos vigilantes rejeitou a nova proposta patronal, o Sindicato CONVOCARA a categoria para Assembléia Geral, na sede do Sindicato com data ainda ser divulgada para deliberarem sobre uma possível Paralisação, haja vista que as empresas não avançarão nas negociações.

A diretoria conta com o apoio de todos, pois o sindicato somos todos nós e juntos temos força.

Fonte: SINTESV/RO.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: